fbpx --> Idoso de 79 anos é preso suspeito de abusar sexualmente de cadela no Norte de MG | Apelo Canino | Apelo Canino Skip to main content

Idoso de 79 anos é preso suspeito de abusar sexualmente de cadela no Norte de MG | Apelo Canino

15/12/2020

Ocorrência foi em Montes Claros, nessa segunda-feira (14). Polícia foi acionada depois que voluntárias de uma ONG receberam um vídeo em que o idoso aparece praticando atos libidinosos com o animal.

Um idoso, de 79 anos, foi preso suspeito de abusar sexualmente de uma cadela, em Montes Claros, nessa segunda-feira (14).

A Polícia Civil foi acionada por voluntárias de uma ONG que receberam um vídeo em que o idoso aparece praticando atos libidinosos com o animal. O homem foi encontrado dentro de casa, no Bairro Independência.

“Foi possível identificar e prender esse suspeito. Ele confessou e responderá por maus-tratos e abuso sexual, crimes caracterizados pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária. Em depoimento, o autor alega que os atos eram frequentes, inclusive com outros animais, e que se trata de uma característica dele. O homem permanece preso à disposição da Justiça”, informou o delegado Bruno Rezende.

Animal recebeu atendimento em uma clínica veterinária — Foto: Paula Alves/ Inter TV

O animal foi resgatado e levado para uma clínica veterinária, onde passou por uma avaliação. A veterinária assinou um laudo para a Polícia Civil.

“Ela tem dificuldade para se manter em pé por muito tempo e apresenta corte na região do tórax, que não sabemos a causa. Identificamos, também, presença de ectoparasitas no corpo, e edema e fissuras na vulva, que indicam abuso sexual. Fizemos exames de sangue para avaliar outros pontos da saúde. Ela se mostrou bastante arredia, com medo do toque humano, não quis comer, não quis beber, tentou fugir, por isso outros cuidados serão necessários nos próximos dias”, explica a especialista Camila Helen Castro Maia.

A voluntária da ONG Cecília Meireles conta que muitos moradores do bairro onde o idoso mora disseram que levaram a denúncia a outros órgãos e pessoas, mas ninguém se disponibilizou a ajudar.

“Nós temos que enfrentar a maldade do mundo com muito amor, muita força e muita garra. É compreensível o medo de retaliações, mas não podemos ser coniventes com crimes assim. É preciso agir e tentar fazer o melhor”, destaca a protetora de animais.

Adoção

Cadela recebeu o nome de Pipoca e foi adotada por uma voluntária da ONG — Foto: Paula Alves/ Inter TV

A cachorrinha recebeu o nome de Pipoca e está sob a tutela da voluntária da ONG Karen Pimenta Souza. Ela atua como protetora de animais há mais de 10 anos e afirma nunca ter lidado com um caso desse.

“A Pipoca ficará sob meus cuidados para sempre e não será devolvida ao antigo dono. Para aquele sofrimento ela não volta mais. É uma situação muito difícil, nunca peguei um caso como esse. Estou indignada, são horríveis as cenas do vídeo que chegou até nós. Ela já é muito amada. Eu vou cuidar dela até o fim”, relata Karen.

Fonte: G1 Grande Minas



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Fale Conosco

Atenção! No momento não estamos realizando resgates solicitados por e-mail ou telefone. Pedimos a gentileza de não insistirem.

Contatos


Qual é o motivo do seu contato? Veja se a sua dúvida está aqui!

Endereços e Telefones

Não divulgamos publicamente o endereço do abrigo. Lamentavelmente
o número de abandonos em nossas portas é alto.

Devido a grande demanda de visitas e ligações estamos fazendo inicialmente o contato somente por e-mail. Obrigado pela compreensão!

Colabore Conosco!

Banco do Brasil
Agência: 0104-x | Conta-corrente: 89292-0

Caixa Econômica Federal
Agência: 3044 | Operação: 013 | Conta Poupança: 17486-6

PagSeguro
Clique aqui para doar usando cartões de crédito, débito em conta ou boleto.